Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Geddel entra em processo de liquidação.

Geddel se desespera com possível delação de Funaro

POR GUILHERME AMADO
Base aliada consegue derrubar pedidos para que Ministro Geddel Vieira Lima explicasse a acusação de tráfico de influência
A avaliação no MPF é que a situação de Geddel Vieira Lima se assemelha à de Sérgio Cabral e Eduardo Cunha: está liquidado.
A propósito, Geddel se desesperou nas últimas semanas ao saber que Lúcio Funaro vinha se preparando para fazer uma delação premiada. Passou a telefonar insistentemente para a mulher de Funaro para prestar solidariedade e, como quem não quer nada, saber se ele já havia começado a delatar.
Geddel pode ficar mais nervoso em breve. Preso há sete meses, Funaro acenou, pela primeira vez, com o desejo de fazer uma delação premiada. A entrada é Eduardo Cunha; a sobremesa, Geddel. O prato principal atende pelo nome de Eliseu Padilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário