Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

domingo, 9 de abril de 2017

CRISTOVAM! PARABÉNS, PROFESSOR!

A noite em que Cristovam Tadeu imitou Cauby para Cauby!



Silvio Osias


Há muitos anos, nem sei quantos, fui ver Cauby Peixoto no Teatro Paulo Pontes.
No meio do show, Cauby pede que alguém da plateia suba ao palco para dividir A Volta do Boêmio com ele.
Da plateia, surge Cristovam Tadeu, fã do artista.
Começa o dueto.
“Boemia, aqui me tens de regresso”, Cauby é quem abre.
Quando passa o microfone para Cristovam, a primeira surpresa: ele entra com a voz de Chico Buarque, improvável intérprete daquela música.
Cauby retoma. Canta mais um pouco e devolve o microfone a Cristovam.
Mais uma surpresa: a voz agora é de Miltinho!
Cauby e os músicos do seu trio trocam sorrisos, não escondem que estão curtindo!
O dueto prossegue: Cauby faz uma estrofe. Cristovam, outra. Desta vez, como se fosse Nelson Gonçalves!
A platéia explode! Os músicos vibram! Cauby vai à loucura!
Chegamos ao desfecho: Cauby canta outra estrofe. Cristovam, então, imita Cauby!
Cauby para Cauby! Já pensaram?
E mistura A Volta do Boêmio com Conceição!
Cauby tira um lenço do bolso e entrega a Cristovam. Os dois terminam cantando juntos! Diante de um público ainda surpreso e totalmente recompensado com o que acabara de ver!
Mais tarde, na madrugada, Cristovam Tadeu jantava sozinho no Gambrinus quando ouviu o vozeirão vindo de uma outra mesa:
CRISTOVAM! PARABÉNS, PROFESSOR!
Era Cauby Peixoto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário