Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

sábado, 4 de março de 2017

"Tentei falar com várias instituições [para que comprassem a biblioteca], mas ninguém quis. Agora essa preciosidade acaba retalhada. Fiz a minha parte".

Herdeiro tem vendido biblioteca de Paulo Mendes Campo

Painel das Letras 





A biblioteca de Paulo Mendes Campos (1922-1991) tem sido vendida pouco a pouco pelos herdeiros do autor. Nos últimos meses, uma série de livros dedicados a ele têm aparecido no mercado.

Até agora, surgiram pelo menos 20 volumes de Fernando Sabino, 3 de Guimarães Rosa, 6 de Manuel Bandeira e 3 de Pablo Neruda, entre outras edições raras.

O escritor mineiro Afonso Borges, por exemplo, comprou para sua coleção todos os volumes com dedicatórias de Drummond. São 17 livros, datados dos anos 1940 aos 1970. "Tentei falar com várias instituições [para que comprassem a biblioteca], mas ninguém quis. Agora essa preciosidade acaba retalhada. Fiz a minha parte".

O sebo O Buquineiro, onde os livros apareceram, não quis comentar o assunto. Os volumes no mercado fazem parte de um conjunto que, numa divisão da família, ficou com Daniel Mendes Campos, filho do autor. Procurado, ele confirma a venda e diz que, embora procuradas, nenhuma instituição se interessou por eles.

Capiroto A 

independente Demônio Negro fechou um acordo para a editora Hedra distribuir os seus livros. Para começar, a casa prepara uma edição maior da poesia completa de Gilka Machado, que acaba de ser lançada.

Capiroto 2 

A casa, voltada a tiragens limitadas, vai reeditar obras esgotadas de seu catálogo, com títulos de Ezra Pound, Octavio Paz, Augusto e Campos e Sousândrade. Também serão distribuídas obras dos selos Edith e Scriptorium.

Índio 

Depois da bem-sucedida Antologia Postal, a Azougue lança outro projeto de livros por assinatura: a coleção Tembetá.

Índio 2 

Encabeçada por Kaká Werá e Cristino Wapichana, a coleção trará livros de grandes lideranças indígenas, como Eliane Potiguara e Daniel Munduruku.

Friaca 

O novo romance de Santiago Nazarian, "Neve Negra", vai sair pela Companhia das Letras. A obra se passa no dia mais frio do ano, na cidade mais fria do Brasil, onde um pintor vive com a mulher e o filho pequeno.

Friaca 2 

O personagem tem uma série de paranoias sobre a paternidade e a própria identidade do filho. Oitavo romance de Nazarian, o terror psicológico teve direitos para o cinema adquiridos pela RT Features.


Nenhum comentário:

Postar um comentário