Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.
Artrópodes articulando.

quinta-feira, 16 de março de 2017

que falta de vergonha na cara.

Empresária que pediu para Moro 'limpar o País' é intimada a depor na Lava Jato

Marido de Renata Loureiro foi subsecretário de Transportes no governo de Cabral e teve a prisão preventiva decretada


“É de cabeça erguida que iremos limpar o país!” dizia o post da empresária. / Foto: Reprodução/Facebook
“É de cabeça erguida que iremos limpar o país!” dizia o post da empresária.
Foto: Reprodução/Facebook
JC Online

“É de cabeça erguida que iremos limpar o país!” dizia a empresária Renata Loureiro Borges Monteiro, em uma publicação no Facebook, feita no dia 4 deste mês. Na manhã dessa terça-feira (14), ela foi conduzida coercitivamente para prestar depoimento na Polícia Federal em mais um desdobramento da Operação Lava Jato.

A ação, batizada de "Tolypeutes", investiga esquemas de pagamento de propina, corrupção e contratos suspeitos da Linha 4 do metrô carioca, no esquema comandando pelo ex-governador do Rio, Sérgio Cabral. 

O marido de Renata, Luiz Carlos Velloso, foi subsecretário de Transportes no governo de Cabral na época em que a pasta foi comandada pelo deputado federal Júlio Lopes (PP-RJ). Ele teve a prisão preventiva decretada. O MPF pede o bloqueio de R$ 220 milhões de sete pessoas e três empresas, sendo R$ 12 milhões de Velloso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário