Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

estamos bem de 'liderança'.

Novo vice-presidente da Câmara é famoso pelas festas com mulheres jovens e bonitas


DCM

Globo fez um curto perfil de Fábio Ramalho, o “Fabinho Liderança”, vice-presidente da Câmara, “famoso pelas festas oferecidas em seu apartamento funcional, regadas a comida mineira e com a presença de mulheres jovens e bonitas”.
Veja que tremendo estadista o Brasil ganhou:
Todos os parlamentares são bem-vindos aos eventos, mas há uma espécie de senha quando é momento de as deputadas partirem para, então, começar a segunda etapa da festa, chamada de “a ordem do dia”.
Deputados que apoiaram Fabinho brincam que ele ganhou o povo pela barriga e pelas leitoas na pururuca que serve em seu imóvel funcional. Algumas vezes, as festas já foram transferidas para o cafezinho do plenário da Câmara. Durante a votação da MP dos Portos, quando Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) presidia a Casa e as sessões entravam a madrugada, Fabinho providenciou uma galinhada e leitoa a pururuca para matar a fome dos deputados. Só sucesso.
Neste ritmo, com candidatura avulsa que tinha mais jeito de brincadeira já que ele é um dos melhores amigos de Lúcio Vieira Lima, candidato oficial do PMDB que acabou derrotado, Fabinho liderou o primeiro turno, com 192 votos. No segundo turno, ele acabou vencendo, com 265 votos contra 204 de Osmar Serraglio (PMDB-PR).
A 1ª vice-presidência da Câmara ganhou importância especial após o impeachment de Dilma. Sem um vice-presidente da República na linha sucessória, o presidente da Casa acaba sendo mais solicitado a assumir o Palácio do Planalto e deixa a Casa sob comando do vice.
A fama de Fabinho é tanta que na primeira viagem oficial do presidente Michel Temer para a China, logo após a posse definitiva, auxiliares palacianos se surpreenderam ao saber que o deputado participaria da comitiva.
— Será que dona Marcela sabe disso? — brincavam.
No começo da atual Legislatura, em 2014, havia quem ainda não conhecia o folclore em torno da figura. Foi então que uma deputada de primeiro mandato ficou sabendo de uma festa na casa de Fabinho. Quando chegou, percebeu que o ambiente não era dos mais familiares. Saiu de fininho.
“O amigo de todos” foi o slogan de sua campanha. Com uma foto em que aparenta bem menos peso do que ao vivo, prometia fazer “muito mais pelos parlamentares”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário