Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

terça-feira, 30 de maio de 2017

são coisinhas tão alternativas...

Associações do Ministério Público da União decidem eleger lista tríplice alternativa para a PGR

POR PAINEL



Sem monopólio A ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) não será a única entidade a enviar uma lista tríplice à Presidência com indicações para o lugar de Rodrigo Janot no comando da PGR. As associações que representam integrantes dos Ministério Público do Trabalho, do Distrito Federal e Militar também vão enviar seus indicados a Michel Temer. Juntas, reúnem mais de mil associados. Farão a eleição interna com base nos oito nomes que já estão concorrendo ao cargo.

Nada novo

Essa possibilidade foi aventada pelo novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, à Folha. Presidente da ANPT (Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho), Ângelo Fabiano, afirma, porém, que as associações decidiram em março que fariam sua própria lista.
Entre nós Fabiano afirma que a fala de Jardim “não pode ser vista como uma janela de oportunidade”.

Muita calma 

Investigadores da PF aguardam com cautela os primeiros passos de Torquato Jardim à frente da pasta. O ministro disse que “vai avaliar” mudança na cúpula do órgão.
Bandeira branca Integrantes da corporação dizem que a cúpula da PF já assistiu à passagem de ao menos quatro ministros e que a prática mostra que o discurso de interferência não se concretiza.

Será 

A troca no Ministério da Transparência causou preocupação na Odebrecht. A empresa, que fez leniência com a Lava Jato e tenta assinar acordos com outros órgãos, teme mudanças nos rumos da negociação com a pasta.


Ao que importa

Antes de se encontrar com FHC nesta segunda (29), em São Paulo, para falar sobre os tucanos, Temer esteve com o advogado Antonio Cláudio Mariz para tratar de sua defesa no caso JBS.

Ao mestre 

Na véspera da reunião que definirá sua permanência como líder do PMDB no Senado, nesta terça (30), Renan Calheiros (AL) esteve com José Sarney. Ele acredita que apenas seis dos 22 senadores da bancada querem apeá-lo do cargo.

Poupei Renan 

brincou com aliados que um dos sinais de que ele tem boa vontade com Temer está no fato de não ter criticado a indicação do Osmar Serraglio (PMDB-PR) para a Transparência.

Finalmente 

O Brasil apresentou à OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), nesta segunda (29), carta com pedido para iniciar o processo de adesão ao grupo que reúne as maiores economias do mundo.

Passo a passo 

No texto, assinado pelos ministros Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Henrique Meirelles (Fazenda), o governo diz que “aproximar-se da OCDE é parte de uma estratégia mais ampla para consolidar caminho rumo ao desenvolvimento sustentável e inclusivo”.

Ainda falta 

O ingresso na OCDE é um impasse para o país há anos. Sob Temer, a tentativa ganhou ares de prioridade. O selo do grupo seria uma sinalização importante a investidores e diminuiria o risco Brasil.

Enquanto isso 

Na próxima quarta (7), o STJ vai analisar denúncia contra o governador de Minas, Fernando Pimentel. Há suspeitas de infração na lei de licitação em convênio assinado por ele quando prefeito de BH.

Te pego lá fora 

Grupos da sociedade civil enviam na manhã desta terça (30) um apelo à ONU pela convocação de esclarecimentos sobre a ação na cracolândia. Acusam “uso desproporcional da força e tratamento cruel”.

Nova temporada 

A série “Billions” tem preenchido o vazio deixado por “House of Cards” entre políticos e advogados. Em Brasília, Rodrigo Janot é comparado ao personagem Chuck Rhoades, o polêmico procurador da série.

TIROTEIO

Cabe a Janot esclarecer o encontro fora da agenda com o então vice-presidente. Presume-se que tenha sido em prol da nação.

DE ROBERTO VELOSO, presidente da Ajufe (Associação dos Juizes Federais do Brasil) sobre a conversa extraoficial de Rodrigo Janot e Michel Temer em 2015.

CONTRAPONTO

Concorrência desleal

Na manhã desta segunda-feira (29), o governador Geraldo Alckmin sancionou a lei que cria o Fundo Especial de Custeio de Perícias, para subsidiar exames de DNA e demais perícias realizadas pelo Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo.

Durante o evento, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Cauê Macris (PSDB), foi chamado a discursar.

Antes da fala formal, o tucano brincou:
— Governador, com o Estado passando a fazer exames de DNA de graça, o Ratinho do SBT tem que se cuidar, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário