Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

são tantas coisinhas miúdas

Para frear onda ‘Doria 2018’, PSDB vai usar ato do partido em SP para lançar Alckmin à Presidência 

Painel


Voo cego 

Para tentar frear a onda “Doria 2018”, o PSDB de São Paulo vai usar um encontro da sigla, em 27 de maio, para lançar o governador Geraldo Alckmin à Presidência. Os detalhes foram acertados nesta quarta (5), em reunião da qual o próprio João Doria (PSDB-SP) participou. Oficialmente, o evento discutirá o modelo de gestão tucano, com prefeitos e secretários municipais e estaduais, mas aliados de Alckmin decidiram fazer da cerimônia um palco para recolocá-lo no cenário nacional.

O baile todo 

Além do prefeito paulistano, participaram da reunião que definiu o roteiro do ato pró-Alckmin o presidente do PSDB no Estado, Pedro Tobias, Julio Semeghini, secretário de Governo de Doria, e Cesar Gontijo, dirigente da sigla em São Paulo.

Então tá 

Procurados, os tucanos negam que a reunião tenha tratado do lançamento da candidatura de Alckmin em 2018 e dizem que o evento terá o objetivo de apresentar os programas bem-sucedidos dos governos do PSDB.

Sem limites

Renan Calheiros (PMDB-AL) transformou as críticas que faz ao presidente Michel Temer em piadas. Na noite desta terça (4), disse a um aliado que pretendia escrever uma carta pedindo desculpas a Dunga por ter comparado o atual governo ao time escalado pelo ex-técnico da seleção.

No ponto 

O senador alagoano fez dos ataques à reforma da Previdência o abre-alas de sua pregação contra Temer no jantar servido pela senadora Katia Abreu (PMDB-TO). A aliados, diz que o presidente convida parlamentares a um suicídio político ao pedir que aprovem o projeto defendido pelo governo.

Não tem jeito 

Embora auxiliares ainda disseminem o discurso de que o governo não fechou os ouvidos a Renan, Temer já fez a diversos aliados o diagnóstico de que o senador escolheu o caminho da oposição ao governo para tentar se reeleger.

Só o lado dele O presidente tem dito que Renan decidiu disputar o próximo mandato “com o apoio de Lula” e contra o seu governo.

Será que será 

Petistas acreditam que a eleição de dirigentes municipais no domingo (9) servirá de métrica para a disputa nacional. Querem medir as chances de Lindbergh Farias (RJ), que tem o apoio do “Muda PT”.

Para todos 

O governo vai retomar as propagandas na TV pró-reforma da Previdência nesta sexta (7). A principal peça de publicidade afirma que as novas regras acabarão com privilégios de políticos e servidores públicos.

Vem com a gente 

Presidente da CUT, Vagner Freitas, se reuniu com dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário-geral da CNBB, para pedir apoio da Igreja Católica nas manifestações contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Nós e eles

Freitas disse ao bispo que “mais do que apoio político, é preciso apoio humanitário”. Dom Leonardo afirmou que acha necessário “movimentar a sociedade”. “E estamos fazendo isso.”

Suando a camisa 

Michel Temer, por sua vez, dedica praticamente o dia todo ao contato com parlamentares para tentar viabilizar a reforma. Aliados dizem que esta é vista pelo presidente como a cruzada “de uma vida”.

Data e hora

O relatório do projeto que pune o abuso de autoridade será votado na Comissão de Constituição e Justiça no dia 19. Roberto Requião (PMDB-PR) disse a aliados que vai incorporar sugestões do procurador-geral, Rodrigo Janot. Não todas.

Mais realista 

Ao chegar no jantar com o rei Carlos 16 Gustavo, da Suécia, segunda (3), em São Paulo, José Serra (PSDB-SP) passou por uma roda de convidados, fez um cumprimento descontraído e seguiu para a sua mesa. Então, foi avisado: “Senador, aquele com quem o senhor acabou de falar é o rei!”.

TIROTEIO

Após tentar inviabilizar o Uber, só falta o PT querer acabar com WhatsApp na esperança de reerguer os Correios que ele destruiu.

DE BETINHO GOMES (PSDB-PE), sobre a Câmara ter aprovado a regulação de aplicativos de transportes com emenda que pode acabar com o serviço no país.
(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário