Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

como é patético nosso usurpador.

Por privacidade de Marcela, família Temer vai passar Carnaval na Bahia

Em Brasília
  • André Dusek/Estadão Conteúdo
    Temer não quer que Marcela seja fotografada em trajes de banho
    Temer não quer que Marcela seja fotografada em trajes de banho
O presidente Michel Temer e sua família embarcam nesta sexta-feira (24), às 14 horas, para Salvador, na Bahia, a fim de passar o feriado do carnaval na Base Naval de Aratu. Temer, que no final do ano foi descansar em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, outra unidade militar, preferiu agora ir para a Bahia porque foi informado que este outro local é bem mais reservado. A busca por mais privacidade tem também por objetivo preservar a primeira-dama, Marcela, e impedir, por exemplo, que sejam feitas imagens dela em trajes de banho.
Uma equipe do escalão avançado com um enorme número de seguranças voou para Salvador na manhã desta quinta-feira para fazer reconhecimento e proteção do local. Até um morro próximo à base naval deverá ser isolado para que curiosos e a imprensa não tenham acesso ao local, o que lhes permitiria registrar a intimidade do casal. A ordem é não deixar tirar fotos especialmente de Marcela, além dos demais integrantes da família do presidente.
Em janeiro de 2010, uma imagem feita na base de Aratu tomou conta de todas as mídias e foi amplamente divulgada. Mostrava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva carregando na cabeça uma caixa de isopor, na Praia de Inema, na Bahia, acompanhado da ex-primeira-dama Marisa Letícia. Em outra imagem, D. Marisa usava um maiô branco com a estrela vermelha do PT. O ex-governador da Bahia Jacques Wagner e sua mulher, Fátima, costumavam se encontrar com o casal petista na casa da Marinha.
A proteção da base naval de Aratu não será apenas por terra. Será por mar também e ficará a cargo da Marinha, que colocará embarcações militares para evitar que qualquer tipo de lancha particular se aproxime do local. Este tipo de proteção, fazendo uma imensa área de isolamento, por terra e por mar, sempre foi adotado também durante o período que os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff estiveram na Bahia e em outras praias pelo País, como no Rio, Guarujá e em Natal. Dilma se queixava e brigava também pela necessidade de privacidade de sua família. No caso de Lula, D. Marisa era quem mais reclamava dos curiosos.
Quando esteve em Mangaratiba no Réveillon passado, Temer andou na praia, às vezes acompanhado de Marcela, às vezes do ajudante de ordens. Em algumas das caminhadas, Temer usava boné para disfarçar e, muitas vezes, passou por pescadores da região, sem ser notado. Em outras ocasiões, se sentiu incomodado ao ser reconhecido e assediado para tirar fotos ao seu lado. Em uma de suas caminhadas, o presidente acabou cruzando com a frase escrita na areia "Fora Temer" e seguiu em frente, tentando demonstrar que não se abalou com a provocação.
Não há data ainda para o retorno da família presidencial a Brasília. Além de Temer, Marcela e Michelzinho, o filho do casal, de sete anos, a sogra do presidente também deverá ir para a Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário