Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

o padrão globo de qualidade é na base da pancada.

Até quando a Globo vai proteger um agressor como LF Carvalho?

Na verdade, na Globo, todos têm medo de denunciar Luiz Fernando Carvalho. Ele simplesmente é sobrinho da falecida dona Lili Marinho, que foi casada com Roberto Marinho, fundador das Organizações Globo

Leo Dias


A coluna recebeu um e-mail de um contra-regra da TV Globo que trabalhou na minissérie ‘Dois irmãos’, que estreou esta semana na emissora. No texto, o funcionário, que pede para não ser identificado, relata uma série de agressões verbais e físicas por parte do diretor Luiz Fernando Carvalho. “Ele chegou a agredir uma assistente de figurinista: deu um chute nas costas dela, que ficou roxo. Ela perguntou por que ele fez aquilo e ele saiu debochando”. A coluna então questionou sobre a falta de um boletim de ocorrência. “Ela foi aconselhada pelos colegas a ir na ouvidoria que tem no Projac. No caso, o escândalo acaba sendo controlado por lá”, explicou ele.

Na verdade, na Globo, todos têm medo de denunciar Luiz Fernando Carvalho. Ele simplesmente é sobrinho da falecida dona Lili Marinho, que foi casada com Roberto Marinho, fundador das Organizações Globo.

Ainda sobre ‘Dois Irmãos’: “Teve uma cena que um ator simulava matar um cordeiro. Ele queria que matasse (o animal) de verdade, mas aí foi convencido com muito custo a não fazer isto”. Em 2015, quando gravava ‘Suburbia’, Luiz agrediu um operador de áudio a socos e pontapés. Na época, o rapaz prestou queixa na polícia, mas os advogados da Globo persuadiram o agredido a retirar a queixa para minimizar a repercussão. Mas a pergunta que não quer calar é: até quando a Globo vai proteger um agressor como Luiz Fernando Carvalho?

A coluna entrou em contato com a assessoria de comunicação da Globo que emitiu a seguinte nota: “As relações entre os funcionários e colaboradores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos sub judice da empresa ou de seus funcionários”. 

Relembre outros casos

Em setembro de 2012, Luiz Fernando foi acusado de agredir a pontapés o técnico de áudio Tiago Mendes de Aguiar da Silva. O caso foi registrado na 5ª DP, no Centro do Rio. No dia 23 de junho de 2015, a coluna publicou uma briga de Luiz Fernando Carvalho com um operador de áudio. O diretor deu um um empurrão com força no funcionário. A polícia chegou a ser chamada, mas a turma do ‘deixa disso’ acalmou os ânimos e o caso não foi parar na delegacia. 

Em julho do ano passado, a coluna noticiou uma briga entre Luiz Fernando Carvalho e o diretor-geral da Globo, Carlos Henrique Schroder. A discussão aconteceu por conta de ‘Velho Chico’. A novela não estava atendendo às expectativas da Globo em termos de audiência e anunciantes. Na época, a emissora negou que essa briga tivesse acontecido. Esta teria sido a segunda briga dele com Schroder. Em maio de 2016, a coluna noticiou que o diretor de ‘Velho Chico’ havia dito ao seu superior que o negócio dele era só jornalismo, e que ele não entendia nada de teledramaturgia…

Nenhum comentário:

Postar um comentário