Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Brutalidade não é “coisa de menino”. É coisa de agressor.

Algo urgente sobre a abominável violência do ser masculino .
" É preciso criar meninos que se tornem homens que saibam que esposas e filhos não são seus objetos, que eles não são donos dos seus corpos e de sua vida. É urgente que eles saibam, desde cedo, que podem expressar seus sentimentos de outras formas, que é permitido chorar, que pedir ajuda é essencial e que precisam aprender a lidar com os “nãos” da vida. Precisamos criar meninos que saibam perder e errar sem precisar agir com brutalidade. Precisamos desconstruir essa criação de meninos que se baseia em banalizar o bater, o lutar, as agressões. Brutalidade não é “coisa de menino”. É coisa de agressor. Que aprendam os meninos de hoje para que não se tornem os futuros agressores e assassinos. "
É preciso criar meninos que se tornem homens que saibam que esposas e filhos não são seus objetos, que eles não são donos dos seus corpos e de sua vida. É…
BRASILPOST.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário