Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

domingo, 4 de dezembro de 2016

sobre a manifestação na Paulista hoje.


   Pablo Ortellado


Breve relato da manifestação na Paulista hoje. Apenas observando, sem instrumento metodológico, me pareceu que foi uma manifestação pequena para os padrões das anteriores, embora razoável do ponto de vista absoluto. 20 mil pessoas é meu palpite às 15:30, mas ela deve crescer até as 17 horas. O clima era o das manifestações anti-Dilma: camisetas da seleção brasileira e disposição antipetista.



A composição social parece a mesma também: classe média tradicional paulistana, com marcante ausência de jovens. A manifestação ia da Augusta ao prédio da Gazeta com as pessoas se aglomerando em torno dos 5 caminhões de som. A grande novidade, a meu ver, foi a centralidade do Vem Pra Rua que arregimentava algo como a metade das pessoas, ou mais. O MBL, mesmo levando para o carro de som todas as suas estrelas, não conseguiu reunir mil pessoas, não sei se por conta do seu adesismo ao governo Temer ou se por sua postura contrária aos protestos até poucos dias atrás. O caminhão de som que pedia intervenção militar tinha pouca adesão mas era absurdamente tolerado. O Fora Renan dominava como palavra de ordem, impulsionado pelas organizações para estancar o Fora Temer que, suspeito, estava preso na garganta de muita gente. Nenhum sinal visível da adesão de pessoas de esquerda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário