Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

domingo, 4 de dezembro de 2016

É aí que mora o perigo: uma direita anti-política que adentra uma opinião pública cada vez mais igualmente anti-politica, despolitizada e que quer trocar a política pelos juízes - que não são eleitos. Isso nunca acabou bem alhures, não acabará bem por aqui.

    Mara Telles


Diálogo civilizatório com Moristas e Lavajistas que vivem nos bairros ricos dos grandes centros urbanos ? Me poupem. Não dá para "ressignificar" os movimentos de direita em esquerda, nem torturando dados. Uma dose de um bom almanaque de história já é suficiente para entender o Udenismo brasiliano. 

FHC e Carlos Lacerda

Não precisa nem ler alemão para compreender o óbvio: a direita brasileira existe, ela é legítima, ela sempre se aglutinou no Brasil pela agenda da corrupção e ela não quer diálogo com a esquerda. Por que? Por que é necessário neste momento de crise da esquerda que a Direita se posicione no mercado eleitoral, marque diferenças com a esquerda e atraia eleitores. É tão óbvio isso que Downs descobriu esta fórmula em 1958 e sua teoria, apesar de criticada, até hoje não foi substituída por uma muito melhor: ideologias são úteis aos partidos para que eles possam se "vender" como representantes destas ideias. 

A esquerda querer se aproximar da direita? Isso sim é uma Eutanásia Política! Que insistência em que as ideologias morram, gente! Eu não: eu quero cada vez mais ideologias, são elas que dão estabilidade aos sistemas de partidos. É justamente a falta delas que gera incertezas em relação a quais serão as ações dos governantes no futuro. É muito melhor uma direita organizada do que toda sociedade contra a Política. Mas, a Nova Direita está indo no caminho perigoso do lavajatismo e empoderamento do judiciário e da Polícia. 

É aí que mora o perigo: uma direita anti-política que adentra uma opinião pública cada vez mais igualmente anti-politica, despolitizada e que quer trocar a política pelos juízes - que não são eleitos. Isso nunca acabou bem alhures, não acabará bem por aqui. Bom jantar, que eu já fui! Por hoje chega de verdeamarelismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário