Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

domingo, 4 de dezembro de 2016

sobre Gullar: só os versos importam. Só os versos ficam. O resto todo passa.

   Paulo Candido

Os "apesar de" em posts homenageando Ferreira Gullar são um bom indício da barbárie dos tempos. Borges flertava com os gorilas da Argentina. Ezra Pound tinha um programa de rádio para lamber as botas de Mussolini. Elliot era conservador até a raiz dos cabelos. Acho que metade dos grandes poetas ingleses são "Lord" isso ou aquilo. Kipling não tinha dúvidas sobre qual raça era civilizada. 



A lista é longa, infindável.

Esqueça os humores e sabores do tempo, poesia não se trata disso. Nunca foi. E a opinião de qualquer poeta sobre o prefeito, o senador, o presidente ou o rei é tão relevante quanto a opinião destes sobre a poesia daquele. Na mais caridosa das hipóteses, irrelevantes e desinformadas.

Só os versos importam. Só os versos ficam. O resto todo passa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário