Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

tempos medonhos, minha nega. tempos medonhos...

    
Florestan Fernandes Júnior

Meus caros amigos,

O Caco é uma espécie de Chico Buarque do jornalismo. Os dois são progressistas de esquerda e mestres na arte de escrever. Aliás, até no olhar eles são parecidos.  Ontem, o Caco foi agredido numa manifestação de servidores estaduais do Rio de Janeiro. 


Não foi a primeira e não será a última agressão contra ele. O Caco sabe que o motivo da ira é a emissora que ele trabalha. A TV Globo também sabe mas não noticia isso. No capitalismo poucos tem a possibilidade de escolher pra quem e com quem irão trabalhar. Será que tem algum funcionário público em greve no Rio que gostou de trabalhar com Garotinho e Sergio Cabral? 

Todos nós jornalistas gostaríamos de trabalhar numa BBC. Mas estamos a 8855 km de distância da Inglaterra e, centenas de anos de distância do jornalismo ético e imparcial praticado pela mais importante empresa pública de comunicação do mundo. Mesmo trabalhando na Globo o Caco faz a parte dele, não mente e nem manipula informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário