Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

"Nunca pensei que um lindo frasco tão pequeno Pudesse comportar, meu Deus, tanto veneno"

Na PF, Calero envolve Temer no caso Geddel

Josias de Souza


Resultado de imagem para temer venenoso


O mal das encrencas é que ela começam bem devagarinho. Depois de acusar o ministro palaciano Geddel Vieira Lima de tráfico de influência, o ex-titular da pasta da Cultura, Marcelo Calero, atirou para cima. Em depoimento à Polícia Federal, Calero envolveu Michel Temer no caso Geddel.

Calero declarou que foi “convocado” por Temer. Reuniu-se com o presidente no Planalto, em 17 de novembro. O termo de depoimento anota que, “nesta reunião, o presidente disse ao depoente que a decisão do Iphan havia criado 'dificuldades operacionais' em seu gabinete, posto que o ministro Geddel encontrava-se bastante irritado.”

Mais: “O presidente disse ao depoente para que construísse uma saída para que o processo [que resultou no embargo da construção de prédio no qual Geddel comprara um apartamento] fosse encaminhado à AGU [Advocacia-Geral da União], porque a ministra Grace Mendonça teria uma solução.''


Calero disse que outro ministro, Eliseu Padilha (Casa Civil), também intercedeu em favor de Geddel, reiterando a orientação para que o caso fosse submetido à AGU. O depoimento do ex-ministro encontra-se na Procuradoria-Geral da República, que analisa as providências a serem adotadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário