Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

respeitem as minhas dores do mundo...


Marcia Frazão

Eu realmente mereceria ser internada em um hospício se estivesse feliz em meio ao cenário apocalíptico que o mundo hoje vive. Eu realmente mereceria ser internada, trancafiada em uma camisa de força, se enxergasse flores e borboletas nos campos de refugiados, se sentisse aroma de lavanda nas calçadas tomadas por sem-teto, se distribuísse inconsequentes "améns" em meio aos corpos de judeus, palestinos, brasileiros favelados, europeus, crianças sírias, etc etc, abatidos ou por balas miradas, ou por balas perdidas. Eu realmente mereceria ser destituída da condição humana se me recusasse (ou por alienação, ou por comodidade) a ouvir os gritos de mulheres e crianças reféns da perversidade sexual masculina, se fechasse os olhos (ou por alienação, ou por comodidade) para os crimes raciais e étnicos que pululam pelos quatro cantos do mundo, e deveria, sim, deveria, ser rebaixada para a condição de "ser não identificado".



Portanto, me poupem de mensagens cor-de-rosa, e respeitem as minhas dores do mundo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário