Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

um soco no estômago vazio de opiniões.

  
 Luís Costa Pinto

Quem quiser pode ir na home do uol e conferir o DataFolha de intenções de voto para presidente da República em 2018. A pesquisa tem a validade de uma mapa astral ou de uma dessas entrevistas com cartomantes que tomarão páginas e páginas na última semana do ano para nos mostrar o quadro real da disputa, se houver eleição em 2018. Mas, para traçar um cenário do momento, o DataFolha é uma devastação contra as lideranças que se insurgiram e conseguiram depor a presidente eleita em 2014. 

Resultado de imagem para soco no estomago


Lula cresce e se descola de todos os adversários, em todos os cenários, nos ensaios de 1o turno. Por que? Ora, porque o país sabe, ainda, que apesar de tudo e contra todos os enredos maltraçados até aqui, Lula tinha e sempre teve um projeto na cabeça - distribuição de renda e redução da pobreza. A ferro e fogo, entregou isso. Quem ocupa a cadeira de presidente da República tem de ter um projeto para o país, e quem faz política tem de ter um projeto. Qualquer um, bom ou ruim. Tem de ter sonhos, também. Dilma não tinha projetos nem sabia jogar o jogo de Brasília, por isso caiu. Mas o Brasil carece, também e ainda hoje, de um norte claro e de liderança legitimada para conduzi-lo. Marina lidera no 2o turno, ganhando até de Lula. Por que? Porque Lula é o mais rejeitado. Numa hipotética disputa entre os dois (que não vai acontecer), numa campaha normal, essa tendência de vitória da líder da Rede não se manteria. O DataFolha é uma pá de cal com sal nos que urdem, diuturnamente, estratégias para desconstruir um mito sem esgrimir sequer um esboço de projeto nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário