Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.
Artrópodes articulando.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

é Natal...

poema de natal

André Giusti


Resultado de imagem para setor comercial sul do crack

jesus hoje não engraxou todos os sapatos que precisava
não vendeu pano de prato o bastante nem pra voltar pra casa
jesus perdeu a perna na linha do trem
tá pelo INSS, mas o dinheiro não dá
pro gás prum quilo de arroz
lata de óleo pacote de macarrão
jesus nasceu com um caroço horrível
no pescoço que não o deixa mamar
mas fazer o que se a rede pública
não opera ou só tem vaga pro ano que vem
hoje jesus pediu um sanduíche na porta do
truck’s mas todo mundo disse que não tinha
e disseram que a prefeitura tem que dar
jeito em jesus assim pedindo na porta dos lugares com as pessoas querendo passar
há anos jesus ficou louco toma cachaça na rua desde que a mulher a filha morreram ninguém sabe como nem ninguém quer saber porque jesus toma tanta pinga o que importa só é que não pode dar dinheiro se não Jesus vai beber mais e mais e aí mesmo é que não sai daqui da vizinhança
jesus mete a cara no crack no beco do rato do setor comercial sul porque desde que tem memória apanhou com barra de ferro do pai e a mãe também o queimava com garfo esquentado no fogão
mil homens já desfrutaram da carne de sífilis de jesus desde os 13 anos quando ele meteu a faca na costela do padrasto abusador e família virou puta cafetina travesti rufião
hoje jesus dormiu sozinho de novo na enfermaria para doentes terminais de cirrose hepática
a única parente viva é a tia da catarata que pega três ônibus e há dias não aparece pra visitar
jesus nunca recebeu visita no asilo em dia das mães
jesus veio da roda dos enjeitados pro orfanato misericórdia do senhor
é preto nasceu sem braço olho torto demais pra fora já tem 15 anos ninguém vai adotar
esperavam ver jesus no templo iluminado
de mármore cara pastor de anel de pedra
na igreja cheia de santo branco e louro
no palavrório da palestra no centro espírita
mas Jesus não esteve por lá
jesus andou a tarde inteira pelo calçadão de madureira debaixo do sol carregando a bolsa de colostomia com a receita na mão tentando explicar pra alguém do remédio que precisa tomar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário