Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

uma besta batizada no MinC

 
  Ivana Bentes

"Ministério da Cultura" é um fetiche, segundo Roberto Freire, o novissimo velhissimo Ministro da Cultura de Temer ao vivo no Roda Viva. Chega acusando o MinC de "dirigismo", "manipulação da cultura para interesse partidário" e fazendo um elogio as empresas que usam a Lei Rouanet para fazer seu marketing, como um ótimo "investimento". Sobre os Pontos de Cultura considera que se "desviaram" da sua função e se tornaram um "assembleismo". 

Resultado de imagem para roberto freire no roda viva

Ou sejam o novo Ministro não entende o que é uma rede integrada de Pontos. Por isso vai suspender "qualquer conferência" dos Pontos de Cultura (ou seja, a TEIA dos Pontos que seria agora em 2016). Claro, como um Ministro ilegítimo reune gente da cultura autônoma e crítica sem ser hostilizado?

Agora vamos a sua autodefinição: "Não sou um reacionário, ao contrário de parte da esquerda (Freire é ex-partidão, atual PPS, golpista) que não quis se atualizar". Imagina se fosse!
Também não descarta a possibilidade de uma "fusão" do Ministério da Cultura com a Educação. Acha que é "fetiche" ter um Ministério da Cultura. O que foi fazer lá? Zerem tudo o que estava sendo feito e discutido e voltem dez casas! Segue o ano de Dois Mil e "desastre". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário