Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

Playlist Almanaqueiras

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

"Ele pode ser lido, deve ser lido e é um grande poeta da língua inglesa. E ele faz isso se reinventando constantemente".

Bob Dylan vence o prêmio Nobel de Literatura de 2016

UOl

Foi recebida com surpresa a notícia de que Bob Dylan venceu o prêmio Nobel de Literatura de 2016. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (13), em Estocolmo, às 8h (horário de Brasília). Gritos e aplausos dos presentes foram ouvidos na sala em que a porta-voz da Academia Sueca, Sara Danius, fez o anúncio. 

Danius disse que Dylan foi agraciado por ter "criado novas expressões poéticas dentro da grande tradicional canção americana". Ela ainda traçou paralelos entre a sua obra e a dos poetas gregos Homero e Safo. "Ele pode ser lido, deve ser lido e é um grande poeta da língua inglesa. E ele faz isso se reinventando constantemente". 

Além do título, o autor ganha também 8 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 3,7 milhões). Aos 75 anos, Dylan é o primeiro americano a ganhar o prêmio desde Toni Morrison em 1993. Em 2015 a bielorrussa Svetlana Alexievitch foi a premiada. No ano anterior o vencedor foi o francês Patrick Modiano.

Embora o nome de Dylan tenha sido cotado para o prêmio há vários anos, ele não estava entre os primeiros nas bolsas de apostas, liderada pelo japonês Haruki Murakami, pelo sírio Adonis e pelo romancista queniano Ngugi wa Thiong'o, assim como os americanos Don DeLillo, Philip Roth e Joyce Carol Oates.
 
Trejetória

Batizado como Robert Allen Zimmerman, Bob nasceu em Duluth, Minessota, em 24 de maio de 1941. Adolescente, ele tocou em várias bandas e com o tempo seu interesse pela música se aprofundou com paixão especial pela música folk e pelo blues. Um de seus ídolos era o cantor folk Woody Guthrie. Ele também foi influenciado pelo autores da Geração Beat, assim como pelos poetas modernistas. 

Criado em uma família judaica, ele largou a faculdade e se mudou para Nova York onde se tornou famoso no início dos anos 1960. Em 1962, lança seu primeiro álbum, "Bob Dylan". "Fallen Angels" é o mais recente e foi lançado este ano. 

Em 2004, foi eleito pela revista americana "Rolling Stone" o segundo melhor artista de todos os tempos, atrás apenas dos Beatles.

Dylan também é autor dos livros "Tarântula", coletânea de poesias de 1966 e publicada no Brasil em 1986 pela Editora Brasiliense. Também já lançou sua autobiografia "Crônicas Vol. I", que chegou no Brasil em 2005. Ao todo, Dylan têm 30 livros publicados. 

Vencedores do Nobel de Literatura dos últimos anos:

2015:  Svetlana Alexievitch (Bielorrússia)
2014: Patrick Modiano (França)
2013: Alice Munro (Canadá)
2012: Mo Yan (China)
2011: Tomas Tranströmer (Suécia)
2010: Mario Vargas Llosa (Peru)
2009: Herta Müller (Romênia)
2008: Jean-Marie Gustave Le Clézio (França)
2007: Doris Lessing (Reino Unido)
2006: Orhan Pamuk (Turquia)
2005: Harold Pinter (Reino Unido)
2004: Elfriede Jelinek (Áustria)
2003: John Coetzee (África do Sul)
2002: Imre Kertész (Hungria)
2001: V.S. Naipaul (Grã-Bretanha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário