Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.
Artrópodes articulando.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

"é muito importante que a poesia readquira esse espaço fundamental para a transformação da sociedade."

"Eu adoraria que os poetas fossem celebridades. Preferiria mil vezes que houvesse trinta poetas célebres em vez dessas celebridades do Big Brother. São celebridades vazias. São pessoas irrelevantes. Não é que eu tenha preconceito com os lugares de onde as coisas vêm, mas eu adoraria que a poesia tivesse a relevância que ela merece na sociedade brasileira. 

Geraldo Carneiro

Os poetas parecem condenados à irrelevância. E é muito importante que eles tenham relevância , para que funcionem como uma espécie de reserva ecológica da atividade cultural. Os poetas são esses seres que, como diz lá o Umberto Eco, são capazes de produzir metáforas que transformam a realidade. (...) Quando o Carlos Drummond escreveu, em 1928, 'quando eu nasci um anjo torto', quando ele qualificou o anjo como torto, com a importância intelectual que ele tinha naquele momento, isso foi uma transformação fundamental no céu simbólico da vida brasileira. Então, é muito importante que a poesia readquira esse espaço fundamental para a transformação da sociedade. Eu adoraria que houvesse um programa de televisão com vinte poetas, como o Leminski, o Vinicius, o Waly, o Piva, a Hilda Hilst, a Ana Cristina Cesar, pessoas extraordinárias. Já imaginou que maravilha? Isso teria uma influência sobre a vida cotidiana, simbólica e linguística do país."

Geraldo Carneiro 
no livro Faróis no Caos
(Sesc Edições, 2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário