Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

detesto decepcionar as pessoas, mas não há audácia, coragem ou ousadia em chutar e mandar prender cachorro morto. Ou há?".

  
Wilson Gomes

AGORA OS PETISTAS NÃO VÃO PODER DIZER QUE...O jornalista não cabia em si de contentamento, quando, com carinha de astuto, pergunta: "Então, professor, não foi enterrado o ontem o argumento de que a Lava Jato é uma operação politicamente seletiva, orientada para caçar e prender petistas?"."Isto tudo por causa da prisão de Cunha, o que até as pedras do Pelourinho sabiam que iria acontecer assim que ele fosse expulso do mandato?".

Resultado de imagem para chutar cachorro morto

"Mas mandar prender Cunha não prova que o pau que dá em Chico também vai ao lombo de Francisco, como bem disse a mocinha da Globo News, de forma que os petistas ficaram sem argumento e vão ter que arrumar outra desculpa para desqualificar a Operação?".

"Vem cá, você não acha estranha a reiteração do 'agora os petistas não podem dizer que...`? Quando se dizia que impeachment sem crime de responsabilidade seria golpe, a tensão só se dissipava quando aparecia um ministro do STF ou um site estrangeiro que dizia que 'impeachment é previsto na Constituição` - o que supostamente 'provava' que 'agora os petistas não podem dizer que...houve golpe'. Quando o PT levou uma merecida bordoada eleitoral nas eleições municipais, os jornalativistas da Globo News pararam tudo o que estavam fazendo para celebrar que 'agora os petistas não podem dizer que houve golpe porque as eleições ratificaram o impeachment'. Agora, prendem o Cunha e temos uma nova versão do 'agora os petistas não podem dizer que...'. Não é um estranho sintoma essa necessidade de negar os argumentos de petistas? Não é sintoma de que, no fundo, há uns remorsos continuamente revisitando o antipetismo?"

"Bem, pensando assim... Mas o fato de prender Cunha não demonstra a imparcialidade da Operação?".

"Será? Sem mandato e espoliado do seu poder político, Cunha estava sem rebanho e era um moribundo político, à espera de uma sentença ou de um mandado. Não há audácia, coragem ou ousadia em chutar e mandar prender cachorro morto. Ou há?".

"Quer dizer que este fato não basta para provar a isenção de Moro e sua gente?". A voz já era de desilusão.

"Faz assim, me liga no dia em que Moro mandar prender um tucano de alta plumagem e falaremos que 'agora os petistas não vão poder dizer que...' a Lava Jato não pode ser comparada com a Mãos Limpas. Diremos, então, que, de fato, a agenda de juízes e procuradores da Lava Jato é indiscriminadamente contra a corrupção público-privada e não em favor de uma posição política e moral e contra outra. Enquanto isso não acontecer, eu e uma porção de brasileiros continuaremos a olhar para a Lava Jato com ceticismo. Mas, na boa, se não for para ver um tucanão sendo tratado do mesmo jeito que cachorros mortos e petistas, nem me acorde para me perguntar essas coisas. Valeu?".

"Tá bom, professor", respondeu uma voz melancólica. Isso me destruiu gente. Detesto decepcionar as pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário