Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.
Artrópodes articulando.

sábado, 22 de abril de 2017

são tantas coisinhas jurídicas

Advogado Batochio deve deixar defesas de Palocci, Lula e Mantega

Monica Bergamo 


O advogado José Roberto Batochio deve deixar a defesa do ex-presidente Lula. E também a do ex-ministro Antonio Palocci. Ele advoga para os dois petistas na Operação Lava Jato.

ÉTICA

De acordo com pessoas do círculo íntimo de Batochio, ele enfrenta um dilema ético diante da conduta adotada em décadas de advocacia: por um lado, sempre disse execrar o instituto da delação premiada. Como Palocci já negocia a colaboração com o Ministério Público Federal, ele não teria como permanecer no caso.

MEMÓRIA

Permanecer na defesa de Lula traria um outro problema. Como é provável que Palocci, para efetivar a delação, mire seu canhão no peito do ex-presidente, Batochio seria obrigado a confrontá-lo, classificando todas as eventuais declarações do ex-ministro como mentirosas. O problema é que ele advogou para Palocci por dez anos, absolvendo-o em uma dezena de processos. E não teria como, agora, voltar-se contra ele nos tribunais.

PRECEDENTE

Se Batochio deixar mesmo a defesa de Lula, será a segunda baixa na equipe de advogados do ex-presidente. Em março, o criminalista Juarez Cirino dos Santos deixou o caso.

DATA VENIA

Batochio também advoga para Guido Mantega. Na Lava Jato, no entanto, o ex-ministro da Fazenda passará a ser representado por outro criminalista.

CADA UM NA SUA

No atual estágio das investigações, portanto, cada petista seguirá caminhos diferentes e possivelmente divergentes de defesa.

LUZ NA AVENIDA

A próxima edição do FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) pretende retomar o projeto Paulista Avenida Interativa, feito pela última vez em 2011. A iniciativa espalha diversas obras pela via —performances, projeções em prédios e peças interativas.

CINEMA REAL

O cantor Nando Reis e o ator Leopoldo Pacheco estiveram na abertura da 22ª edição do festival de documentários É Tudo Verdade, dirigido por Amir Labaki. O roteirista e compositor Luis Felipe Labaki, a atriz Bárbara Paz e a produtora Deborah Osborn participaram do evento, na quinta (20), no Cinearte, no Conjunto Nacional. Ricardo Ohtake, diretor do Instituto Tomie Ohtake, também passou por lá.

FIM DE FILME

O empresário Facundo Guerra busca um novo cinema para instalar a sala retrô Drive-In, que ficou quase um ano no Cine Caixa Belas Artes, na rua da Consolação, e fecha as portas no domingo (23). "A gente não conseguia vender comida em volume suficiente para viabilizar a ideia", admite Guerra, que lucrava vendendo pratos do vizinho Riviera, do qual é dono, para os espectadores.

FILME NOVO

E o empresário lança no fim do próximo mês uma campanha de financiamento coletivo para abrir um cinema a céu aberto no Mirante 9 de Julho. Nike e Natura estão entre as empresas que doaram produtos que serão oferecidos como recompensas aos apoiadores.

SOM DO BEM

Os pianistas Bishara Haroni e Yaron Kohlberg abriram a série de concertos internacionais da Tucca (associação para crianças e adolescentes com câncer), na quarta (19), na Sala São Paulo. A vice-presidente da entidade, Claudia Epelman, o presidente, Sidnei Epelman, receberam convidados como as empresárias Beatriz Monteiro de Carvalho e Vera Faria de Paula.

CURTO-CIRCUITO

Adriano Salhab faz show em homenagem à Elke Maravilha neste sábado (22), às 20h, no Sensorial Cervejas.
O programa "Canal Livre" (Band) entrevista a historiadora Lilia Schwarcz neste domingo (23) às 22h50.

A Trousseau lança sua terceira coleção em parceria com os Irmãos Campana.

O Itaú Unibanco apresenta seus projetos durante da Semana de Sustentabilidade 2017, na Colômbia, a partir de segunda-feira (24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário