Alamanaqueiras: ou não queiras.

Alamanaqueiras: ou não queiras.
Artrópodes articulando.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

esse Tom é um gozador contumaz.


Tom Cardoso


-Mais uma da série "Diálogos Acadêmicos"

- Vamos fazer abdominal transversal hoje?
- Bora. Quantas repetições?

Resultado de imagem para abdominal transversal

- 700?
- Demorô.
- Cara, você viu quem ganhou o Prêmio Nobel de Literatura?
- Quem?
- O Bob Marley.
- Sério?
- Sim. O cara enaltece as drogas e é premiado por isso.
- Um péssimo exemplo para as novas gerações.
- Minha mulher disse que isso é lobby da indústria farmacêutica.
- Sério?
- Sim. Quanto mais drogado no mundo, mais gente precisa tomar remédio.
- Faz sentido. Sua mulher lê pra caramba, né?
- Sim. Ele tem a obra inteira do Sidney Sheldon.
- Ele é bom?
- Sim. Fera. Traduzido até no Japão.
- Minha mulher não lê muito. 
- Precisa, cara. Se a gente não se informar, a indústria do lobby, da Lei Luanê vai dominar tudo. 
- Quem você recomenda além desse Sidnei aí?
- Clarice Lispector. 
- Ela é gringa?
- Não, é daqui. Escreve em brasileiro e tudo. Vou te mostrar minha última tatoo.
- Humm.
- Tá vendo?
- Que língua é essa?
- Hebraico. 
- O que quer dizer?
- É uma frase da Clarice Lispector, que tatuei para homenagear a Valéria.
- Traduz pra mim.
- "Garotos como eu/ Sempre tão espertos/ Perto de uma mulher/ São só garotos".
- Que lindo, cara.
- Top né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário